Pesquisar este blog

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

AUTORIDADES DÃO MAU EXEMPLO NA ABERTURA DA JORNADA PEDAGÓGICA

Ontem (21) aconteceu no Ginásio Poliesportivo a abertura da Jornada Pedagógica de Parauapebas. O evento deu o pontapé inicial para o ano letivo 2015 nas escolas municipais. A programação de abertura contou com a excelente palestra do renomado Max Haetinger, que demonstrou desenvoltura e balançou a platéia com o tema "As Tecnologias da Informação e Comunicação a Serviço da Aprendizagem".

A SEMED na pessoa da secretária Juliana teve boa intenção na organização do evento. Desde a escolha do tema, a escolha do palestrante e a mobilização dos professores, estava tudo certo. Porém, mais uma vez o governo municipal deu um tremendo mau exemplo, uma demonstração de desrespeito e grosseria para com a educação. Tanto se fala em educar pelo exemplo, e na prática demonstra exatamente o contrário.

O evento que estava marcado para as 17 horas, só começou as 18:45h. Atrasar 15, 20 minutos é até normal quando acontece algum imprevisto. Agora atrasar uma hora e quarenta e cinco minutos é demais! 

Ficaram esperando o Prefeito que não apareceu


O ginásio estava lotado com quase  dois mil professores que esperavam impacientes pelo início do encontro. O palestrante que chegou pontualmente estava visivelmente desconfortado com o atraso. Após longa e angustiante espera alguém avisou que o prefeito não viria. Na última hora mandaram buscar o chefe de gabinete que chegou ao local sem saber do que se tratava. No seu discurso cometeu a gafe de falar que não tinha conhecimento do encontro, mas acabou fazendo um bom discurso, rápido e objetivo. Com certeza se saiu melhor do que sairia o prefeito que geralmente pronuncia um discurso longo, enfadonho e desconexo.

Iniciar um encontro de educadores com esse atraso é um gesto de grosseria imperdoável. É uma cultura que temos que eliminar da nossa realidade pois demonstra o quanto somos irresponsáveis e desprezamos as pessoas. Iniciar qualquer evento no horário certo é no mínimo obrigação, principalmente quando se trata de educação. Que exemplo essas autoridades estão dando aos professores? Que exemplo nossos professores levarão para a sala de aula? Por isso eu repito: atraso desse nível combina com grosseria e falta de respeito. 

Autoridades ausentes


O Prefeito não foi o único que não deu o ar da graça. Aliás, o prefeito não tem que estar presente em todos os eventos, pois nem sempre sua agenda permite. Basta se fazer representado e não deixar ninguém esperando como acontece em todos (TODOS!) os eventos do governo. Os vereadores - principalmente os professores - também brindaram o encontro com suas ilustres ausências. Quando começou as 18:45h. só estavam presentes os vereadores Josineto, Brás e Major. Pior do que a ausência é chegar bem depois e sair antes como foi o caso de outro vereador. Isso demonstra como estamos mal representados.

Fora esse lamentável mau exemplo, tudo transcorreu bem. A palestra foi um sucesso e os professores saíram motivados e prontos para mais um ano de missão. Parabéns a equipe da SEMED. Parabéns aos guerreiros professores que mesmo com as adversidades não desistem nunca.

10 comentários:

  1. O sujo falando do mal lavado. Vc fazia isso quando era secretario meu caro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Será anônimo? Sugiro que você tome memoriol, pois a pontualidade sempre foi minha marca. Como secretário e agora como professor.

      Excluir
  2. na campanha do Gesmar ele sempre ia

    ResponderExcluir
  3. Meu caro Luis!
    No meio político se escuta todos os tipos de opinião sobre esse ou aquele assunto específico e eu não irei me insentar de apresentar minha opinião. Já tem alguns meses que o prefeito da Integral não está se importando com o que pode ou não desagradar a população de Parauapebas.

    ResponderExcluir
  4. O senhor Luis Vieira, embora discordemos em vários posicionamentos, no quesito horário e presença sempre foi responsável. Agora prof Luis, o Chefe de Gabinete pode ter proferido discurso fantástico, mas não saber acerca desse evento tão importante e, pior ainda, não saber sobre o paradeiro do prefeito...paciência aí DESCONEXÃO TOTAL!

    ResponderExcluir
  5. Concordo Luiz Vieira eu também sou educador e fico triste com essas atitudes,porém, não poderia deixar de comentar que observei de longe,mas observei bem que o professor(prefiro assim )Josineto estava atento a palestra e cumprimentou educadamente alguns colegas de profissão, diferente de outros que se fizeram presentes. Parabéns pela atitude Josineto.

    ResponderExcluir
  6. Apenas 3 vereadores participaram do evento, os outros como são analfabetos, tão nem aí para a educação do município.

    ResponderExcluir
  7. Então, Anônimo, fica implícito que o vereador Major da Mactra seria uma espécie de "intelectual"...um Lorde...um gentleman.

    ResponderExcluir
  8. Quem é o verdadeiro cérebro da SEMED é o Major da Mactra. Ao seu consistente projeto para a educação de parauapebas devemos todos os prêmios conquistados na área da educação, inclusive o mais prestigiado de todos, o PALMA DE OURO, prestigiadissimo, isento e cobiçada láurea, o qual nem Paulo Freire, nem Anísio Teixeira, nem o Cristovam Buarque tiveram competência para merecer!O resto é é conversa fiada.Major da Mactra para Ministro da Educação já!

    ResponderExcluir
  9. Agora vou falar! O José neto agora sim mais quando no biênio de seu mandato na câmara, fez o que? De fedeu o prefeito com suas decisões intencionais. Este senhor é tão responsável quanto o prefeito por este momento que vive nossa cidade, pões eles na campanha dizem defender interessés coletivo depois quero minha secretaria" estou mentido?

    ResponderExcluir