Pesquisar este blog

quarta-feira, 21 de outubro de 2015

SESSÃO DE 20 DE OUTUBRO - VEREADORES VENDIDOS

A sessão de ontem foi como eu havia anunciado anteriormente. Tudo na paz e amor, mas cheia de revelações inusitadas. Agora os opositores mais contundentes estão agasalhados sob as asas do velho prefeito. O prefeito relutou, refugou, esperneou mas foi convencido a comprar os vereadores como mercadorias baratas. E comprou mesmo! Se alguém quiser me processar por isso, eu terei o maior prazer em responder na justiça, pois quem falou foi o próprio Valmir. Basta rever a entrevista que ele deu no programa do Bacana que você vai entender. O prefeito falou em alto e bom tom que a oposição queria dinheiro. Tá explicado esse convencimento do Bruno e do Pavão que agora descobriram que tem que ficar do lado do governo para ajudar Parauapebas.

O cachimbo da paz 


Pavão foi o opositor mais radical do governo Valmir que ele sempre tratava como DESGOVERNO. Sempre falava que jamais apoiaria esse DESGOVERNO e que só tinha uma palavra. De repente o Pavão num gesto de coragem afirmou na tribuna que resolveu fumar o cachimbo da paz do Valmir. Ninguém sabe o que o Valmir botou dentro desse cachimbo para deixar o Pavão e demais vereadores tão convencidos e mudarem repentinamente de ideia. Eita cachimbo do cão!

Pavão está cabisbaixo e constrangido. Hoje chegou a ser hostilizado numa rede social. Depois de ter chamado o prefeito de todos os nomes pejorativos, depois de denunciar as mazelas, depois de julgá-lo incompetente e irresponsável, vai ficar difícil explicar a sua mudança repentina. Como um dos prêmios Pavão recebeu a falida SAAEP. Tanto criticou as irresponsabilidades da autarquia que deixava a população sem água e agora vai ter que dar resposta em curto espaço de tempo. Quem sabe agora ele conclui a obra no complexo Caetanópolis que o Valmir abandonou logo após a eleição para deputado?! Talvez o Pavão descobre também uma conta de um antigo lava-jato de mais de $500 mil que desapareceu do sistema do SAAEP.

Bruno Soares - o líder nervoso


Outro que não ficou muito a vontade para dizer que estava com o Valmir foi o Bruno Soares. Este também era um crítico ferrenho do Valmir e foi o principal responsável pela denúncia que fez o GAECO invadir a casa do prefeito as 6 horas da manhã e apanhá-lo de cuecas e apreender documentos, computadores e uma caderneta comprometedora. Depois da fracassada manobra que empossou a vice Ângela como prefeita, o Bruno deu uma sumida e quando apareceu, estava cabisbaixo e calado. Circulou um boato de que estaria sendo chantageado com um vídeo comprometedor que causaria um estrago irremediável em sua vida.

Como anunciei anteriormente num furo de reportagem com informação direta do ninho do palácio cinzento, o Bruno será o líder do governo, desbancando o Zacarias. Na sessão do dia 6 de outubro o Bruno já deu sinais de que seria o líder. Na minha coluna fiz essa análise com o título "o vice líder do governo (confira no texto SESSÃO DE 6 DE OUTUBRO - O BOBO DA CORTE).

Durante o seu discurso sob intensa vaia, o Bruno aparentemente nervoso e desconfortável atacou os blogs e disparou a metralhadora geral e fez insinuações a esse blogger. Disse: "Alguns blogueiros tem uma forma medonha de falar mal dos outros. Alguns não só jogam pedras no telhado dos outros como levam as telhas para casa" (Discurso orientado pelo chefe de gabinete). O Bruno deveria ter falado também de conta de água, de agiotas, de transação ilegal de lotes, mas perdeu uma ótima oportunidade. Quem sabe na próxima? Só que na próxima vez recomendo que fale o nome do meu blog. BLOGDOLUIZVIEIRA. Fazer propaganda pela metade não vale, pois se eu não atingir meio milhão de acessos até dezembro de 2015 o Google vai deixar de me pagar. Ajuda aí né meu amigo Bruno. Faça como a Irmã Luzinete.

O Bruno disse ainda que decidiu entrar para a base do governo para ajudar a resolver a crise que se instalou em Parauapebas. Fiquei pensando: agora a crise acaba. Não dou 30 dias para nosso hospital ser referência, para ter médicos e remédios, para os fornecedores receberem seus pagamentos atrasados, para a CELPA não cortar mais energia das secretarias, para a coleta de lixo funcionar, para as escolas saírem da pindaíba e as obras saírem do abandono. Quem sabe agora sai a água no Caetanópolis que o Gesmar deixou abandonada com os canos secos enterrados e as ruas cortadas? Agora nossa cidade sai desse marasmo, dessa liseira geral. Eta cachimbo poderoso esse do Valmir!

Conheço a família do Bruno e sei que não devem estar nada satisfeitos com seu comportamento. Por consideração a sua família, tenho bloqueado vários comentários negativos de leitores que se sentem traídos e estão revoltados com o vereador. O Bruno é jovem e inteligente e sei que vai rever seu posicionamento, pois esse caminho que escolheu é um suicídio político. Ou talvez ele esteja realmente sendo obrigado a fazer isso pelas circunstâncias. 

Vereador Bruno, em consideração a família JD, esse espaço está aberto para qualquer explicação que desejar.

Os vereadores novatos (exceto a Joelma) também já fumaram o tal cachimbo do Valmir. Agora tudo é felicidade, tudo é só alegria. Se o Valmir falou no Bacana que o que eles queriam era dinheiro, justifica a felicidade geral dos nossos bravos guerreiros.

15 comentários:

  1. E a agora quem poderá nos defender?

    ResponderExcluir
  2. Mais uma vez reforço a ideia: esses textos devem chegar a todos os munícipes. É leitura obrigatória para quem quer ver Parauapebas diferente. Conhecer como está funcionando a política local atualmente e como evitar sua repetição no futuro. Futuro esse bem próximo com as eleições... Talvez seja por não alcançar a consciência da maioria da população, se restringindo a redoma de vidro da casa azul e poucos que buscam se inteirar da vida política da cidade, que esses usurpadores de privilégios públicos investidos de mandatos comprados, atuem dessa forma, descarada e indiferente ao sofrimento da população. Salvo algumas exceções...ou melhor exceção!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro anônimo, obrigado pela deferência. Esse texto chega a cerca de 1500 pessoas que, como você, acessam diariamente. Alguns reproduzem no Facebook e outros até tiram cópias e distribuem. Por enquanto, jornal escrito está fora de cogitação. Quem sabe no futuro? Mas posso te garantir que o blog atinge mais leitores do que todos os jornais. E leitor de blog geralmente é formador de opinião.

      Excluir
  3. Os novos vereadores do Valmir na Camara: Babão e Bundao.

    ResponderExcluir
  4. Quantas vezes ouvi esse velho dizer que deixaria um legado em nossa cidade, repetia que não precisava de dinheiro pois já tinha resolvido sua vida financeira, dizia " o que tenho dar pra mim viver confortavelmente sem precisar meter a mão em dinheiro publico"...amigo Valmir, cadê aquele senhor que ao falar deixa todos de boca aberta com tanta bondade e sabedoria ao se expressar, e como era fácil resolver os problemas desta cidade, que em 3 meses estaria resolvido o problema da água, que de jeito nenhum pousaria neste palácio e ainda disse que andaria de capacete branco montado em um carro aberto visitando todas as obras grandiosas que você iria fazer no nosso município tao carente de politico honesto, lembra quando disse que em seu governo ia fazer seu gabinete no meio do povo e que o palácio cinzento você iria transformar em casa abrigo para os mais necessitados, pena que quando eleição acabou eu acordei e vi que era só um conto de fadas, não é diferente da maioria dos políticos de Parauapebas, bando de ladrão de sonhos, que pena que você Valmir e essa câmara corrupta conseguiram acabar com Parauapebas antes que a vale acabasse retirando todo o minério...só Jesus na causa.

    ResponderExcluir
  5. Pink: Cérebro o que faremos essa noite?
    Cérebro: O que fazemos todas as noites Pink. Tentar dominar o mundo!

    E assim Bruno e Pavão conseguiram.

    Valmir pode até não ser reeleito, mas já demonstrou ser o mais inteligente de todos os prefeitos que já passaram por esta currutela que só tem a Vale como único "sustento"

    ResponderExcluir
  6. Parabéns Luiz Vieira, mais uma vez mostra clareza em suas postagens e deixa o leitor bem informado dessa realidade caótica em que se encontra Parauapebas.
    Parabenizo também a Vereadora Joelma, que se mantém numa postura coerente com as deliberações partidária em no caminho certo para o retorno de uma gestão democrática e participativa que atenda os interesses do povo e não de meia dúzia de "iluminados".
    O que não dá para entender é a postura dos vereadores Miquinha e Euzébio que insiste em manter o apoio a essa gestão corrupta e com prazo de validade vencida.
    Na tentativa de entender um pouco essa coisa ridícula, que é a adesão ao desgoverno Valmir. Sabe-se que o Vereador, articulado com o chefe de gabinete e o vice presidente do PT, o asqueroso Parazinho,articularam um convênio de mais de um milhão para uma associação das proximidades do Cedere I, que em troca teve o apoio político para 2016. E que na Palmares está em curso o uso de anticoncepcionais atendendo o vereador da área.

    ResponderExcluir
  7. Parauapebas viverá para sempre com a lembrança de uma história que deveria ser esquecida, mas, como diz um ditado quem bate nunca se lembra, mas quem apanha jamais esquece, espero que o povo que está apanhando por esse desgoverno, pelo legislativo, sendo este o mais corrupto da história de Parauapebas, que estão deixando marcas profundas na sociedade paraopebense, olhem sempre essas marcas para não votar nessa classe de bandido que se comporta sempre de bom moço, até estarem com o poder nas mãos

    só um lembrete, não votem em evangélicos, pois assim vocês estarão evitando que os mesmos vá para o inferno.

    ResponderExcluir
  8. Líder do governo ? qual governo mesmo ?? kkkkkkkk

    ResponderExcluir
  9. Todos querem uma postura isenta e compromissada de um vereador... Não é mais do que obrigação deles! Mas na prática isso não acontece...O que presenciamos hoje é a desesperada corrida pela tão desejada estrutura de campanha, onde os vereadores começam a se mobilizarem para viabilizar suas reeleições. Daí fica o seguinte questionamento: como fica uma vereadora como a Joelma, que por sua atuação até agora está se mostrando alheia aos encantos do sênior prefeito? Isolada e contando apenas com o sentimento de revolta que aflinge o cidadão de bem de Parauapebas. Posturas como esta devem ser refletidas e valorizadas...E isso se dá de uma única forma: NÃO VENDENDO SEU VOTO!

    ResponderExcluir
  10. Sobre o pavão (com pê minúsculo, porque ele nunca será grande) eu já disse aqui mesmo, que é uma ave de penas bonitas mas tem vergonha dos pés pela sua feiura. No caso, esse moço/velho que apelidaram de vereador, ele é feio por inteiro a contar pelas suas atitudes, ou melhor, suas traquinagens; não merece respeito e nem consideração, merece desprezo. O bruno (com bê minúsculo também), ah, esse nunca me enganou; para mim sempre foi uma farsa. A casa começou a cair. Quando a poeira baixar...

    ResponderExcluir
  11. Não generalize. O miquinha é católico e esta com o governo, o euzebio é espirita e está com o governo eu acho que o zacarias é ateu e está com o governo o maride e evangelico e esta com o governo. O Valmir e macumbeiro . Em todas as religiões tem bom e bandido. Temos que votar em alguem que temha o passado e o presente limpo que tenha caráter que tenha família aqui em parauapebas que goste de gente independente de estar na política.

    ResponderExcluir
  12. Não generalize. O miquinha é católico, o euzebio é espírita, o maride e evangélico eu acho que o zacarias é ateu e todos estão com o governo que e macumbeiro.
    Então em todo lugar tem bom e bandido. Devemos votar em quem tem caráter quem e daqui de parauapebas que tem família aqui que gosta de gente que sabe e tem exemplo de de gestão.

    ResponderExcluir
  13. Anonimo das 23:54 eu nunca me enganei com esse senhor porque me informei na ocasião e sabia que a empresa dele era falida que so pagava uma rescisão na justiça. Então eu sabia que ia dar nisso. Por esse motivo não votei nele, mesmo sabendo que o povo estava cego e ele ganharia as eleições, fiz a minha parte e concientizei os que estavam mais próximo de mim.

    ResponderExcluir
  14. Gostaria muito que a população da minha querida cidade onde nacie soubece que o caus sofrido em Parauapebas não er cupa dos vereadores o posição mais sim desses que se venderão por tão pouco tem sim parte de cupa vereadores prefeito secretários não cupo porque eles fazem o quer Flávia e Valmir manda muitos dos secretários pelo salário de 12 mil reais parabenizo a corupta imprença por inves de mostrar a verdade mostra as mentiras do prefeito mais sabemos que a empressa e a sim faz muito tempo so Luiz Vieira mostra a verdade e parabéns pra justiça que er tão sega ou será que fazem parte do governo Municipal ? Queria acreditar que não

    ResponderExcluir