Pesquisar este blog

quinta-feira, 17 de março de 2016

O ÚLTIMO QUE SAIR APAGUE AS LUZES.



Ontem, (16) o Blog do Zé Dudu anunciou com exclusividade a filiação do ex-prefeito Darci Lermen no PMDB. Uma grande festa está sendo preparada no sábado (19) com a presença confirmada de várias lideranças para receber seu novo membro. Seu pedido de desfiliação no PT deve acontecer hoje. Assim, encerra-se um capítulo de uma história de forma melancólica e deixa o Partido dos Trabalhadores sem sua principal liderança. As consequências da saída do Darci podem ser avassaladoras, pois muitas lideranças de peso ameaçam fazer o mesmo, provocando um esvaziamento drástico no partido. 

Esse processo de desfiliação não chega ser surpresa para ninguém. Esse blogger já vinha anunciando essa hipótese aqui há vários dias a partir de informações de um plano de traição arquitetado pela cúpula partidária local e membros do gabinete do prefeito. E toda essa crise do partido em Parauapebas não tem nada a ver com a crise nacional. Ela é fruto de uma série de erros, omissões e falta de discernimento da direção atual que ficou oscilando entre ser oposição e receber benesses do governo. A prática condenável dos vereadores petistas também contribuíram muito com esse desastre.

Debandada geral


A vereadora Joelma Leite que assumiu recentemente a vaga deixada pelo vereador Zé Arenes foi a primeira a abandonar o barco, e fez da maneira mais desastrosa possível. Preferiu sucumbir a sedução do palácio dos ventos e caiu no conto do velho lobo. Se aliou a corrupção em troca da secretaria, a qual entregou para o comando do seu marido. Essa semana ela sacramentou sua decisão ao se filiar no PSD (partido do prefeito) onde agora faz dupla com o vereador Bruno Soares. Joelma pode ter enterrado uma carreira política que prometia ser promissora com a oportunidade que ganhou ao assumir o cargo de vereadora. 

Outra que debandou foi a vereadora Eliene Soares que vai se filiar no PMDB ainda hoje. Assim, a maior bancada de vereadores da câmara agora se reduziu a dois vereadores que sempre fizeram o jogo do prefeito Valmir: Euzébio e Miquinha.

Muitas lideranças, inclusive que seriam candidatos prometem abandonar o PT e seguir junto com Darci. Essa debandada geral pode deixar o partido ainda mais fragilizado e de pernas quebradas para as próximas eleições. É preciso que a militância que ainda sobreviver tome as rédeas para tentar salvar o que ainda resta e resgatar as origens desse partido.

Cenários projetados


Diante do que conhecemos e observamos, diante da movimentação política da direção e dos vereadores petistas, dois cenários serão levados em consideração pela atual direção do PT em Parauapebas:

1- O PT lançará candidato a vice-prefeito na chapa do Valmir Mariano;

2- O PT lançará um candidato laranja financiado pelo Valmir para atrapalhar a pretensão do Darci em retomar o Morro dos Ventos.

Qualquer um desses dois cenários enterrará a história desse partido que governou Parauapebas por oito anos. Teria a militância forças e determinação para reagir a essa dilapidação? 

9 comentários:

  1. Falido, descomungado, desconjurado, desnutrido, difamado, desvermelhado, decadente... era uma vez um partido de bravos e aguerridos lularápios. Agora vão pra outras plagas, não menos enlameados em mensalão e ptrolão... Trocar seis por meia dúzia!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falou bonito Wanterlor Bandeira. Tô contigo mano.

      Excluir
  2. Depois da "mudança milagrosa" do Bruno Soares, nao acredito em mais nada vindo da Câmara. Valmir prometeu e cumpriu!

    ResponderExcluir
  3. A pergunta é: Você, Luis Vieira, vai pro PMDB? Partido do Jader Barbalho, que outrora criticava? Há já sei, deve acompanhar...

    ResponderExcluir
  4. o PT e um excelente partido e com muitos ideais; o que não presta la são algumas maças podres

    ResponderExcluir
  5. Essa turma da direção do PT do Parauapebas, além de fracotes - pessoas inexpressivas sem base e liderança para conduzir um partido político -, são extremamente corruptas que aceitaram mingalhas e alguns benefícios do prefeito para alguns entidades ligadas a alguns desses pseudos dirige tes como uma associação no cedere I. Tão corruptas que demonstraram isso fraudando um processo eleitoral interno no partido. Agora vão ficar órfãos e sem perspectivas para o futuro. E pior destruíram o partido.. Que vai custar caro para a grande maioria dos militantes decentes que ainda vão permanecer reconstruir e tornar-se novamente u mm partido de verdade e que defenda os interesses do povo de Parauapebas e não de meia dúzia de figuras inexpressivas e vereadores sem comprometimento partidário.

    ResponderExcluir
  6. Confira algumas das mais de 260 Obras do Valmir! Confira algumas!!
    1- pintar as calçadas
    2- colocar blocos na pista
    3- troca-troca de secretários
    4- colocar mais blocos nas ruas
    5- comprar vereadores
    6- fechar as vias com blocos
    7- retirar os adesivos do governo federal (das UPAs)
    8- mais blocos nas vias
    9- construção do restaurante popular (kkkkkkkk)
    10- reformar o restaurante popular! ( que não existe)

    ResponderExcluir
  7. Diante da atual conjuntura tem uma possibilidade bem nefasta que se aproxima. Na impossibilidade de o PT fazer vereadores, estão arquitetando uma manobra para o Miquinhas ser candidato a prefeito apenas com a missão de tirar votos do Darci e si... si... si... o Valmir ganhar a eleição ele teria a secretaria de agricultura. Especulação, fofoca, vamos aguardar pra ver.

    ResponderExcluir
  8. Com relação à Joelma o que corre a bocas não tão pequenas é que a mesma jogou a toalha por quinhentos mil reais e vai para o PSD já sabendo que é apenas complemento de votos para o candidato principal que deve ser o Horácio. É mole ou quer mais?

    ResponderExcluir